Recognição visuográfica de local de crime pode se tornar obrigatória

Projeto exige imediata reconstituição de local do crime

Da Agência Câmara

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6650/09, do deputado Regis de Oliveira (PSC-SP), que torna obrigatória a recognição visuográfica do local do crime – método pelo qual se reconstitui a cena do crime, juntando os fragmentos ali encontrados. A recognição visuográfica torna possível materializar indícios e provas dos delitos, por intermédio de imagens e fotos do lugar onde ocorreu a infração penal.

A proposta, que altera o Código de Processo Penal (Lei 3.689/41), determina que a autoridade policial deverá realizar o procedimento assim que tiver conhecimento do fato.

“Trata-se de método complexo de investigação criminal, envolvendo conhecimentos de várias ciências afins que se interligam na base das diligências”, explica o autor do projeto.

Oliveira informa que o método foi desenvolvido pelo Delegado Marco Antônio Desgualdo e utilizado com sucesso pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil paulista. Na avaliação do deputado, o sistema pode ser útil para desvendar todo tipo de ação criminosa, não apenas os crimes contra a vida.

Tramitação

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. As informações são da Agência Câmara.

Íntegra da proposta:

PL-6650/2009

Faça o download do livro ‘Recognição Visuográfica e a Lógica na Investigação Criminal’, de autoria do Dr. Marco Antônio Desgualdo.

[Foto: Divulgação/Ag. Câmara]

Anúncios

Uma opinião sobre “Recognição visuográfica de local de crime pode se tornar obrigatória

  1. Com relação ao artigo exposto,venho primeiramente agradecer a oportunidade de poder comentar sobre um material tão valoroso do campo da investigação,que certamente facilitara em muito a elucidação de determinados crimes,bem como favorecer e de certa forma dar mais praticidade ao trabalho pericial criminal.É bastante salutar que nossos gestores da esfera policial ,busquem novas formas de desenvolver os atos investigativos e periciais,obtendo uma melhor definição para a conclusão dos inquéritos no judiciário….

    Parabéns

    Curtir

Os comentários são de única responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do editor do blog. Se achar algo que viole nossos termos de uso, nos avise.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s