Museu da Polícia Civil de SP funciona em novas instalações na Acadepol

Do portal da Polícia Civil de SP

Museu da Polícia Civil_MiniCom uma frequência mensal de aproximadamente 1000 pessoas, o Museu da Polícia Civil de São Paulo que está funcionando em novas instalações, procura mostrar a realidade de fatos marcantes para jovens com mais de 16 anos, além de atuar como um agente educador, com o propósito de instruí-los para que não se percam no mundo das drogas e do crime.

Também conhecido como Museu do Crime, está localizado no Campus I da Academia de Polícia “Dr Coriolano Nogueira Cobra” (Acadepol) – Cidade Universitária, e tem o objetivo de mostrar e preservar a história da Polícia Civil  estadual.

O acervo reúne ferramentas, objetos e documentos utilizados em delitos de grande repercussão, além da história de criminosos que se tornaram famosos por seus atos cruéis. Divididos em três temáticas (crimes sexuais, patrimoniais e chacinas), relatam histórias como a do Maníaco do Parque (1988), Chico Picadinho (1966), Bandido da Luz Vermelha e o famoso crime da mala, ocorrido em 1928.

A unidade possui ainda fotos, documentos, máquinas de jogos de azar, móveis e instrumentos utilizados pela polícia desde a década de 50. Entre as armas estão facas, revólveres, espingardas e metralhadoras, originalmente usadas em cenas de crimes.

As visitas são gratuitas e livres para pessoas com idade a partir de 16 anos e podem ser agendadas pelo fone: (11) 3468-3360 ou via fax (11) 3813-2623 para:

Escolas, faculdades, universidades, instituições e grupos organizados com agendamento prévio;

Alunos e professores do ensino superior, especialmente de faculdades de Direito;

Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar e Guardas Municipais;

Autoridades e policiais de outros Estados do Brasil e de outros países.

Imprensa em geral.

Museu da Polícia Civil

História

O Museu da Polícia Civil, formalmente instituído pelo Decreto n.º 4.715, de 23 de abril de 1930, reúne objetos apreendidos e documentos de inquéritos policiais que eram remetidos à justiça e, posteriormente, devolvidos para ilustrar as aulas na primeira Escola de Polícia de São Paulo.

Posteriormente, o Decreto n.º 49.930, de 26 de agosto de 2005, estabeleceu as atribuições do Museu, que ocupa espaço físico da Academia de Polícia da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Aberto ao público desde 1952, expõe painéis didáticos que mostram a participação dinâmica de Polícia Civil no combate ao crime em São Paulo, ao longo da história.

Em 1996, o Museu da Polícia Civil foi incluído no Guia dos Museus Brasileiros pela Equipe de Banco de Dados sobre o Patrimônio Cultural da USP e, em 2006, no Cadastro Nacional dos Museus do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). As informações são do portal da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Serviço:

Museu da Polícia Civil (Acadepol)

Visitas: de terça a sexta-feira, das 13 às 17 horas, exceto feriados.

Praça Reynaldo Porchat, 219, Portão 1 da Cidade Universitária

Entrada gratuita.

Idade mínima: 16 anos

Fone: (11) 3468-3360

E-mail: museu.acadepol@policiacivil.sp.gov.br

Anúncios

Os comentários são de única responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do editor do blog. Se achar algo que viole nossos termos de uso, nos avise.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s