Criação do Fundo de Modernização da Polícia Civil do TO é anunciada em congresso de delegados de polícia

Do portal da SSP – TO

A criação do Fundo de Modernização da Polícia Civil (Fumpol) foi um dos benefícios anunciados, na manhã de hoje, 17, durante solenidade de abertura do Congresso Jurídico dos delegados de polícia do Tocantins. O anuncio foi feito pelo subsecretário Abzair Paniago que ressaltou o empenho do secretário da Segurança Pública nessa conquista. “Tenho a honra de anunciar aqui, em primeira mão, a concretização de um sonho de toda a polícia civil, que é a criação do Fumpol – Fundo de Modernização da Polícia Civil, pelo qual lutamos desde 1994 e ressalto que essa conquista só foi possível graças ao empenho e dedicação do secretário César Simoni, que abraçou a causa da polícia civil”. Abzair Paniago disse que o Fumpol será uma ferramenta de transformação para a polícia civil do Tocantins.

Durante o evento, várias autoridades destacaram a importância da atuação do delegado de Polícia na promoção de segurança da sociedade e na condução de processos investigatórios. O presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ), Desembargador Ronaldo Eurípedes, falou sobre os avanços e conquistas do poder judiciário, sobretudo na colaboração com a polícia civil e destacou o sistema E-proc como o melhor do Brasil. “Estamos investindo em tecnologia. Nosso E-proc é o melhor do Brasil e é uma ferramenta, disponibilizada, pelo poder judiciário, para auxilia a polícia judiciária”, destacou.  O Desembargador ressaltou que a parceria entre polícia civil e juízes é benéfica e estabelece um canal de comunicação eficaz na promoção de segurança à sociedade.

Para a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Tocantins (Sindepol), Cintia Paula de Lima a realização do congresso foi mais um desafio vencido em sua gestão. Ela lembrou que a carreira do delegado de polícia é única e exige muita dedicação e doação do profissional, sobretudo por trabalhar diariamente com problemas sociais e crises diversas.

“O delegado de polícia é para a sociedade como o médico é para o doente”, dessa forma o secretário da Segurança Pública iniciou seu discurso de abertura do primeiro Congresso de Delegados de Polícia do Tocantins. Durante o evento o secretário destacou as dificuldades enfrentadas e agradeceu a compreensão da categoria, diante dos obstáculos desse primeiro ano à frente da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP). O secretário falou dos altos índices de violência contra a mulher e lembrou que “90% desse tipo de crime ocorre onde a polícia não pode estar que é dentro de casa. Dessa forma a polícia trabalha no prejuízo para prender e punir”, relatou. César Simoni pediu aos delegados que continuem fazendo o impossível para dar à sociedade a sensação de segurança da qual ela necessita, finalizou. As informações são do portal da Secretaria da Segurança Pública do Estado de Tocantins (SSP/TO).

[Foto: Divulgação/SSP/TO]

Anúncios

Os comentários são de única responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do editor do blog. Se achar algo que viole nossos termos de uso, nos avise.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s